Suicídio assistido, homicídio qualificado ou um ato de compaixão?

Considerada por muitos a fulga do sofrimento em detrimento de outros que a julgam como forma de suicídio ou homicídio, a eutanásia, nome dado a prática pela qual se abrevia a vida de um enfermo incurável de maneira controlada e assitida pelo médico, vem sendo um dos assuntos amplamante discutido na sociedade. Continue lendo “Suicídio assistido, homicídio qualificado ou um ato de compaixão?”

OSCAR 2009

Minha legião de leitores (são dois, na verdade, contando com o Simplieditor) deve recordar que na Edição 300 comentei a respeito do filme Okuribito. E não é que o filme (denominado “Departures” na terra do Tio Sam) acabou levando o Oscar de filme estrangeiro? O diretor Yojiro Takita (que, pasmem, começou a carreira com filmes pornôs) subiu com todo o elenco para receber a estatueta e gaguejou um Inglês que passou para a História na terra do sol nascente… Continue lendo “OSCAR 2009”

Edição 317 (26/02/2009) – Hora da faxina

Eis-me aqui novamente, para surpresa de alguns, convicção de outros e, para ser bem sincero, garantia futura alguma. Mas é fato que essa semana, atendendo ao pedido da simplileitora Célia Moura da Silva no editorial 312, me incumbi de revisar a situação dos simpliautores. E valeu a pena. De um total de 463 nomes, 239 (51,62%) nunca havia publicado um texto sequer. Um dos motivos talvez seja que… Continue lendo “Edição 317 (26/02/2009) – Hora da faxina”