POR ONDE ANDARÁ?

 Rara é a semana em que não me abordam na rua para perguntar sobre o paradeiro de Ditinho Puxa-Uma-Perna, figura que já foi assunto de crônica minha no final de 2009.

 
Levando em conta o apelido do Dito cujo, é óbvio que o seu paradeiro não pode estar muito longe, mesmo tendo-se passado três longos anos desde a última vez que o avistei, engraxando o sapato da outra perna.

UNIVERSO PARALELO

 Naqueles dias, o fake do Todo-Poderoso botou as manguinhas de fora e resolveu criar seu universo genérico, plano que acalentava há tempos. Pode-se argumentar que o termo "Universo", significando "todo, inteiro", não poderia comportar uma outra versão, qualquer que fosse ela, sob pena do vocábulo cair em descrédito. Mas não é a essa questão etimológica que vamos nos ater, pelo menos neste despretensioso relato.

 

Paixão X Rivalidade

Todos nós respiramos, mas somos diferentes. Existem parâmetros a serem seguidos: como o bom senso, que para muitos é uma das coisas mais subjetivas do mundo e como a ética, que é mais bem definida mas que nem sempre é seguida. Por mais referências que existam, reagimos e pensamos diferente,quase sempre variando de acordo com a consciência e vivência de cada um. Dessa forma, um fenômeno observado comumente acontece quando se torce apaixonadamente: Rivalidade.

Continue lendo “Paixão X Rivalidade”