Simplicíssimo

Autor - Joaquim Nogueira

Carta a um filho

“…não, não me pediste, meu filho, para nascer, não… foi apenas um desejo meu, um desejo muito antigo, daqueles desejos de me tornar num Homem plantando uma árvore, escrevendo um livro e fazendo um filho… sim, foi...

gotas

“…encosto a cabeça no vidro semiaberto e fecho os olhos por segundos… pela frincha sai o fumo do cigarro ao mesmo tempo que as gotas da chuva varrida pelo vento entram com força… não há lágrimas que se comparem às...

asas

"…acordei nas asas dos teus sonhos e mirei-me nas águas tranquilas do teu mar… senti-me afagado pela ternura dos teus olhos e deixei-me planar no aroma do teu beijo… voei forte do meu norte para o...

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!