A Lua e o Anjo Precoce

Domingo, noite quente, lua bem cheia ascendente e graúda à beira-mar, à beira-rio, à beira das calçadas, à beira do Recife. No trajeto de Boa Viagem para casa, dei conta de que aquela reluzência toda devia ser comemorativa de alguma data nobre. Os astros, da sua imensidão, no fim do dia sempre tentam se comunicar conosco. As flores, também.

Continue lendo “A Lua e o Anjo Precoce”

Angelina

– Acho um absurdo você ter escondido que era insuportavelmente hétero quando começamos a sair…
– Ué, preferias que eu mentisse sobre quem sou?
– … também não me disse que era riquíssimo, educadíssimo, que gostava de cozinhar aos domingos…
– Tens preconceito contra ricos educados na cozinha?
– …e nem que adorava crianças, blues, literatura e o Marrocos! Agora o que é que vou falar de você com as minhas amigas?
– Ah, sei lá! Diz que sou meio veado, ando endividado, que detesto crianças, que falo ‘pobrema’ e te faço de escrava.
– Ah, tá! Saiba o senhor que todos os maridos são assim… Não dá pra ser mais criativo nessa trapaça não, Brad?