Simplicíssimo

Categoria - Literoucura

Fatum

Diversidade, Tania Montandon,  lápis HB e lápis de cor sobre Moleskine   No mundo do ostracismo Onde o mal é bom O errado é aceitável O rico é o adaptado Subsiste a esperança Que míngua a passos lentos Como o...

Tumor psíquico

  No vale das chuvas, onde reinavam corcéis alados e faziam brilhar suas crinas douradas, ela se perdia andando pelo teto com a pele sentindo as gotas de mel vindo das avessas núvens do arquipélago. O silêncio...

Quero colo!

Crise de identidade! Uma mente em tempestades de dúvidas e inseguranças, desesperanças… Quero colo! Seria a insensatez? Seria o excesso de informações a uma velocidade que ultrapassa o limite de segurança no...

Civilização?!

  Tempos Modernos, Tania Montandon, guache sobre Moleskine   Das trevas uma odisséia Pântanos de mundos mil Visões ignotas, estagnantes Tempestades de estímulos Banhando da vida o rio Bruscas, ternas, bruxas...

Dama da Noite

  A Dama da Noite, grata escuta teu terno canto exala ares de prata ignora letras, entanto Em essência sente o dizer vindo do cerne do ser sorri pra ti, também ela cantando, sendo mais bela Devolve a boa energia...

Pena

  A correria de meu sangue nos membros Atropela-me o pensamento No limbo espero por entre mil acentos Pela minha sentença no firmamento Ácida, áspera, plácida Desconcertante acrania processante Indaga-me pelo eixo...

Internas Luzes Novas

percepções, Tania Montandon, guache sobre Moleskine. Escuto: – Luz!, após longa tarde de chuva. – Luz , o Sol da noite! Alguém mais vê? Éle, Ú, Á! Hêêêee!… Amélia, a pacieente do hospital psiquiátrico...

Natal subjetivo

Natal, inata data que nos marca e deixa inscrito n’alma, pra sempre, lembranças, sensações, elucubrações da infância ao derradeiro momento fatal. Nata do leite primeiro, símbolo do amor infindo, do mistério da...

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!