Simplicíssimo

Fim da Gripe no RS

Fim da Gripe Ronaldo e da Gripe Raposa no RS
Impossível não falar de futebol nesta semana. Os dois pólos gaúchos do futebol estavam envolvidos em decisões importantes e a gangorra desta vez não está funcionando bem: está mais parecendo um elevador. Estavam os dois subindo, quebraram os cabos de sustentação e ambos caíram. Resta saber se os freios de segurança conseguirão manter a posição alta para novas perspectivas.

A expectativa positiva que dominava o estado acabou. A UTI cheia de doentes da Gripe Ronaldo e Raposa esvaziou porque os doentes se foram, morreram na praia, como se fala no futebol. No entanto, vamos ressaltar as virtudes dos dois times pois falar dos erros é muito fácil no momento da derrota. Para colorados e tricolores resta apoiar suas equipes no Campeonato Brasileiro, embora o Inter ainda tenha boas chances de conquistar a Recopa Sulamericana. Os dois times tem uma boa estrutura e administrações profissionais que valorizam e qualificam a gestão no futebol. Torço para que continuem assim.

Quanto aos resultados podem ser justificados pelo mérito dos adversários, onde ambos foram melhores que a dupla Gre-Nal. Times mais bem armados e estruturados para decisões. Nesse ponto tanto Grêmio quanto Inter parecem ter tremido no momento decisivo e caíram na mesmice do futebol força, raça e empenho, com pouca, ou nenhuma, inteligência e técnica. Igualar a vontade de vencer do adversário é fundamental, mas sem qualidade técnica não será suficiente.

Mauro Rodrigues

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!