Simplicíssimo

Seleção brasileira – culpa geral

     O futebol brasileiro sempre forma grandes equipes e a nossa Seleção é assim chamada no mundo inteiro porque é um dos símbolos do futebol. Assim como Pelé, que eternizou a amarelinha número 10, o mundo aguarda as apresentações de nossa seleção para apreciar o espetáculo do futebol. No entanto, nos últimos anos o futebol de competição vem dominando até nosso selecionado de jogadores.

    O treinador Mano Menezes assumiu prometendo uma retomada do futebol ofensivo e bonito. Seu discurso, na prática, não se concretizou. O time anda meio apagado e a tão falada renovação pode acabar por queimar peças importantes para futuras escalações do time. Ele vem fazendo uma revolução nas categorias de base, tentando criar um padrão de jogo e aproveitar os melhores desde a sub-17. Assim, devem aparecer novos jogadores para irem subindo e melhorando a qualidade do time principal.

    O processo que Mano Menezes realiza na seleção como um todo é complexo e complementar aos resultados de campo. Esse é um dos pontos que o mantém no cargo. O outro ponto que corrobora com sua manutenção é o fato de escalar todos os jogadores que a imprensa diz serem obrigatórios no time, como Ganso, Neymar, Pato, etc.

    No primeiro ponto, soma-se à organização das categorias de base, a convocação de jogadores diversos, de pouca expressão, que são jovens e estão na Europa, principalmente. Enxergo nesse ponto uma tentativa de evitar que atletas jovens que estão na Europa acabem se naturalizando e defendendo outras seleções nas competições.

    O maior erro até o momento são as marcas e exclusões de atletas que cometem erros individuais, exceto os imprescindíveis da imprensa. Esses erram e continuam jogando. Está na hora de Mano Menezes começar a montar um time competitivo e capaz de criar chance real de competir com as grandes seleções mundiais.

Mauro Rodrigues

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!