Simplicíssimo

Aqui está

De tudo existe nesse mundo
Não sou eu apenas quem digo
Do magnata ao vagabundo
Desde o novo ao mais antigo

Mas nem sabes o que procuro
E não poderás assim achar
Nem no claro, nem no escuro
Por se acender e se apagar

A menos que eu lhe diga
E você se deixe escutar
A minha mais doce cantiga

Ao céu de estrelas, ao luar
Resolve tudo que me intriga
Quando vens me encontrar

Eduardo Hostyn Sabbi

Últimos posts

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!