Simplicíssimo

Conteúdo é Tudo!

Caros irmãos brasileiros, esse slogan utilizado pelo portal globo.com em sua atual campanha de marketing – “conteúdo é tudo” – realmente me chama atenção perante dois acontecimentos que ocorrem simultaneamente no mundo hoje, digo hoje mesmo, nesse fim de semana.
No Egito, a população em massa saiu nas ruas da capital para protestar contra os abusos de poder do atual líder da nação, as manifestações que vem se sucedendo nesses dias, tem sido normalmente pacíficas e com um objetivo claro e válido. Apenas um dia ocorreu um confronto mais violento, mas por parte de alguns e não da maioria dos manifestantes. Com toda certeza, podemos olhar aquele povo oprimido e ver CONTEÚDO em suas ações.
Já no Brasil, melhor localizando, na cidade de São Paulo, no centro de treinamento do Corinthians, um “bando” de pessoas, perdoem-me o uso do termo bando, mas não consigo achar outra palavra no momento para designar esses indivíduos, protestam com pedras, pedaços de madeira, pancadaria, destroem o patrimônio do time que dizem que torcem por causa de uma eliminação num torneio de futebol. A policia precisou de balas de borracha e bombas de efeito moral para acalmar a situação. As imagens chamam muito atenção. Um confronto de um bando de marginais com a policia por causa de jogo de futebol.
Eu entendo perfeitamente que o corinthiano esteja triste ou chateado, até não vejo problema nenhum em reclamar da campanha do time. Mas, usar de violência por causa de futebol? Meu Deus, qual o conteúdo da vida dessas pessoas?
Não digo quanto ao uso de violência, mas se essas pessoas tivessem amor por sua pátria, até mesmo sendo egoísta, se tivessem amor pelos seus direitos enquanto cidadãos brasileiros, qual seria a reação em relação a tantas fraudes e corrupção na política com o dinheiro público? Elegemos tiriricas, popós e Romários para legislarem, qual a consciência com o que realmente importa?
Brasileiros, qual o nosso conteúdo? Alguns podem achar que estou exagerando, foi apenas um grupo de torcedores do Corinthians, mas aconteceria o mesmo com qualquer grande clube brasileiro, a poucos dias em Minas atleticanos mataram um cruzeirense apenas pela rivalidade. E quão inúmeros são os exemplos desse fenômeno em nossa sociedade.
Não quero tirar conclusões. Contudo, conteúdo pode até não ser tudo, mas é  importante e ajuda para termos uma sociedade mais justa e de princípios que valem apena para a promoção da vida.
 

Hans Henrique da Silva Pereira

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!