Simplicíssimo

Tragédia do RJ: Reflexos da Sociedade

 O que dizer perante os acontecimentos da última quinta feira no Rio de Janeiro. Foi uma tragédia? Foi um acontecimento isolado? Era um psicopata? O homem não tinha estrutura psiquica? A escola estava desprotegida? Tudo acontece no Rio?

Todas as hipóteses acima podem ter ou não sua parcela de verdade, mas para mim o que aconteceu foi um reflexo do que vive nossa sociedade.

Então de quem é a culpa: da sociedade ou do atirador? 

Creio que diante de um fato desses, principalmente com o suicídio do assassino, não leva a nada buscar por culpados, afinal de contas isso não vai mudar o acontecido. Mas, diante desse, devemos nos perguntar: o que leva o ser humano a essa situação limite?

Muitos psicológos têm sido entrevistados pelos meios de comunicação e afirmam que Wellington tinha transtornos psicológicos devido a uma falta de estrutura familiar e que o agravamento desse trauma o levou a essa tragédia.

Pois bem, quantas inúmeras pessoas no nosso mundo hoje não têm traumas decorrentes da desestruturação familiar???

Graças a Deus a maioria dessas pessoas não comete essas atrocidades contra inocentes. Contudo aos poucos vão se autodestruindo, vão mutilando suas vidas. Não é de impressionar que a depressão seja conhecida como o mal do século.

Caro povo de Deus, falta de estrutura familiar significa falta de amor. Significa privar a pessoa humana da sua própria essência (como refletido na última semana). Significa que a cada dia nossa sociedade tem formado pessoas mutiladas. 

Não precisamos ir muito longe de nós mesmos na maioria das vezes para percebermos isso.

Que essas vidas inocentes que foram sacrificadas não morram a toa, que a morte delas ajude abrir os olhos da sociedade, mostrando que o núcleo da preocupação humana deve ser o amor, a solidariedade, a caridade e não o bolso, a econômia ou a materialidade.

Resgatemos o ser humano! Resgatemos a nós mesmos! Para que esses casos não voltem a acontecer.

Hans Henrique da Silva Pereira

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!

Últimos Posts