Simplicíssimo

Torrões de Açúcar

 

Diz-se que há muito tempo, quando as formigas eram mais ingênuas, e quando não havia espaço para elas fossem ardilosas, as coisas começaram a mudar no formigueiro. Um dia, uma formiga achou por bem que não era necessário ficar o dia catando as sementes na floresta e presenteou a um supervisor com um torrão de açúcar para que este não a visse cabulando o trabalho. O supervisor por sua vez gostou do presente e nada de mal viu em não enxergar. Logo, outras formigas descobriram a tática, e a visão do supervisor ficou ainda mais deficiente. Assim a fila das que iam a campo estava cada vez menor, e o supervisor achou que era justo compartilhar com seu chefe imediato parte de seu estoque de torrões de açúcar, e o pobre coitado passou a ter os mesmos problemas de visão. E foi mais ou menos desse jeito, que o formigueiro se tornou numa comunidade com poucas sementes para o inverno, alguns privilegiados com muito açúcar estocado, com um bocado de formigas cegas e gordas, e uma multidão de formigas tísicas, e cansadas de tanto trabalho.

Douglas Eraldo dos Santos

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!