Simplicíssimo

Promessas de começo de ano

Este ano não farei listas.
Não as arquivarei em minhas gavetas.
Prometi a mim mesma que não ia me arrepender de as ver lá no fundo e não fazer nada.
Não prometerei nada a ninguém,
assim sofrerei menos quando ver que não cumpri essas promessas…
tolas,
que nos motivam na hora e depois são esquecidas.
Minha palavra para 2011: BELIEVE.
Quero mais do que nunca acreditar em mim e não prometer nada…que não possa cumprir

 

Simone Cristina Bazilho

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!