Simplicíssimo

Modinha de 13 de Maio

Negro valente,
O filho doente,
Foi ao patrão
Pedir dinheiro
Pra comprar pão.
Patrão não gostou:
Ô, nêgo atrevido!
Está demitido…
Saia já de minha frente!
E o negro, valente:
Ô, patrão,
Isso não se faz, não.
Meu filho doente…
Mas patrão, indiferente,
Ligou pro tenente,
Que batendo no negro
Deu-lhe voz de prisao.
Ô, seu tenente,
Isso não se faz, não.

Edweine Loureiro

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!