Simplicíssimo

Escritos que não posso deixar para trás

Violentos Haikais 46/X

Esta é a vida e morte
severina com propina
política e sorte

Faroeste 32/X

Cada vez mais linda
tua forma já te transforma
e o amor não finda

Escritos que não posso deixar para trás

Desculpem meus leitores habituais. Não sei se 4 ou 5, ou apenas 1, mas pelo menos, ao menos deixo algumas palavras que podem servir para alguma coisa. Quero deixar claro que o que está escrito aqui foi pensado nestes últimos três anos. Hoje é 21/09/2005.
Algumas coisas acontecem com a gente e não entendemos como alguém pode nos ajudar naquela situação. Então, veja só: a aceitação humana é feita de acordo com a seguinte fórmula: ((valores positivos) * (1-q)c * 100) – ((valores negativos do outro) * q) *100 = $

Onde:

q = grau de necessidade – 0 < q < 1

c = nível de consciência e espiritualização
$ = aceitação do próximo

Não vou prová-la… Alguém pode fazer isto em algum tempo…

Morin mostra que toda e qualquer informação tem que ser paga de algum modo. Vou explicar as implicações práticas disto:

Você é casado(a) e descobre que ele(a) tem um(a) amante. Você deverá tomar uma decisão. Ou continua com esta pessoa ou da um chute na bunda dela e parte para outra. Os custos psicológicos e financeiros de qualquer uma das situações é óbvio.

Qualquer que seja a informação, que implique numa continuidade ou descontinuidade terá um custo. Agora me diga o que não implica em uma continuidade ou descontinuidade?

Tudo o que se faz tem um razão de ser, implícita (inconsciente) ou explícita (consciente). Isto tem a ver com sua capacidade de consciência e o seu momento de vida.

Desta forma, para seguir em frente, de qualquer forma, em qualquer coisa, só existe um caminho a seguir: o auto-conhecimento. Este pode vir de qualquer coisa, desde esportes, caminhadas, meditação, religiões, comida, amigos e muitas outras formas…

De ré na contramão e com muita coisa para dizer.

Pedro Armando Furtado Volkmann

Últimos posts

Follow us

Don't be shy, get in touch. We love meeting interesting people and making new friends.

Most popular

Most discussed