Simplicíssimo

Filosofia do Antro, Pó!

Violentos Haikais 125/X

Perseguida na selva
Escapou como nunca
de um tiro na nuca

Faroeste 110/X

Loirinha amore mio
Com certeza não adia, te amo todo dia
Sinto um arrepio

Jogar buraco
Sem capa
Jamaids.

Pensando em lições do aço
Escritas em alemão
Raciocinei errado
É para o homem, a população
Poucos são os chamados

A Terra tem todos
Porém nem todos têm a Terra
Lutas campesinas em vão
Tecnologia seno e co-seno
Só para quem pensa no veneno

Estudo, logo sou melhor
Isto é pior
O senhor da avenida
Não acredita na Sofrenilda
E vive a cantar

Ainda que estude não vejo
Como são seus desejos
A igualdade move a terra
Do gelo ao calor
Diz certo tom no canto da prima Vera

Aqui é pura emoção
Tem tristeza e alegria
Aqui é pura putaria!

De ré na contramão, mas não no Antro!

Pedro Armando Furtado Volkmann

Últimos posts

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!