Simplicíssimo

Calo-me

Não há mais o que dizer
Vou calar

E concentrar

Vou concentrar em calar

Minha língua vai repousar

Durante um segundo

E quando isso vier e chegar

A cabeça e o estomago

Tomarão a cabine de comando

Vai descansar como quem é morto
E neste breve meio segundo

Em meio a esta apnéia

Minha atenção toda

Minha concentração estará

Voltada à vida, calado

Marcos Pedroso

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!