Simplicíssimo

Haverá

Haverá sempre

Uma questão aberta

Um pensamento

Despropósito

 

 

Haverá sempre

Alguma coisa dentro

Lá no peito fincado

Angústia

 

 

Haverá sempre

Um desentendimento

Um mal entendido

O desesplicado

 

 

Haverá sempre

Uma palavra dizer

Um desejo

Beijo

 

 

Haverá sempre

Apenas uma escolha

Certo ou errado, talvez

Excêntrico

 

 

Haverá sempre

O desperdício, ócio

Malefício, vício

Bendito benefício

 

 

Haverá sempre

Algo que não combina

Quem sabe estará aí a sina?

Aquilo que não rimou

 

 

Haverá sempre

Outra estrofe

Que não se repete

Repete-se

 

 

Haverá sempre

Opostos brigados

Opostos atraídos

Aposto que sempre

 

 

Haverá sempre

Um domingo preguiçoso

Uma sexta apressada

Um verso quebrado

 

 

Haverá sempre

Sentimentos insistentes

Um por de sol alaranjado

Anseio de justiça nos trópicos

 

 

Haverá sempre

A corrida pelo oeste selvagem

O ouro dos bandeirantes

O mundo de Zapata

 

 

Haverá sempre

Um táxi ocupado

A mulher namorada

Beleza que hiberna

 

 

Haverá sempre

O fim

Meio

E o início.

Marcos Pedroso

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!