Simplicíssimo

fumar ou não: eis a questão!

Tá certo que o ser humano tem o livre arbítrio pra poder fazer o que quiser, o que bem entender. Ainda bem que em nosso País há essa liberdade. Entretanto, alguns vícios são danosos à saúde. O fumo, por exemplo. Eu mesmo fumei por uns 15 anos. Há 20, parei. No começo, e ainda de vez em quando, sonho que estou fumando, e o engraçado é que no próprio sonho eu acabo sendo invadido por um sentimento de impotência, ou seja, no próprio sonho eu pensava: puxa, caí na tentação de novo… voltei a fumar!!. Mas quando acordava, o alívio: tudo não tinha passado de um sonho, ou melhor, um pesadelo!
Ainda hoje quando vejo um filme, novela, entre outros programas, e vejo alguém dando aquela baforada gostosa, não vou mentir que dá uma vontade!! Mas depois penso: puxa, o nosso corpo é tão perfeito, por que vou contaminá-lo com tantas substâncias nocivas?!? (nada contra quem fuma, por favor!!) mas quando eu li uma reportagem em que o que o governo gasta em milhões de reais com os doentes que são dependentes desse vício, quando o organismo fica debilitado e o fumo causa grandes estragos causando câncer em vários órgãos do corpo, daí sim damos valor à vida saudável que levávamos. Mas aí já é tarde demais, o estrago já está feito… e bem feito!! Por isso acho muito oportuno o projeto do governo estadual em banir de vez o fumo em vários locais, pois a pessoa que fuma não percebe o cheiro horrível que fica impregnado em qualquer coisa por onde a pessoa passa. Só quando pára de fumar é que percebe o rastro que deixou pra trás. Ainda bem que já há algum tempo organizações formadas para banir o fumo de vez. Mais recentemente li numa reportagem que há muitas décadas atrás as grandes indústrias do cigarro pagavam vários artistas de Hollywood para fumar e assim, sutilmente, se mostrava que fumar era elegante. Era!
Infelizmente há um paradoxo no sistema: ao mesmo tempo em que se gastam milhões com tratamento em clínicas para os doentes do tabagismo, há os tributos que recheiam os cofres dos governos no mundo todo.

 

Afonso José Santana

Últimos posts

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!