Simplicíssimo

Desejos

Eu queria dizer o que ainda não disse
Viver diferente o que não vivi
Descrever tudo que não vi
Esquecer tudo que deixei passar
Chorar tudo que segurei
Não magoar quem magoei
Abraçar aquela pessoa
Aquela mesma,
que nem imagina
O quanto é querida
Queria encontrar mais vezes o mar
E, de frente a ele, me confessar
Queria poder dormir mais
Principalmente quando os sonhos são melhores que a realidade
Queria poder pular da janela e sobreviver
Criando asas espertas que alem de me salvarem me fizessem voar pelos céus
Sem hora nem dia certo para pousar
Ou simplesmente só voltar ao solo quando tivesse certeza que existe um amor a me esperar.

Frank Santos

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!