Simplicíssimo

No Labirinto das Incertezas

 

 

 

Ele vivia um momento complicado, desejava seguir, mas não poderia garantir agora o quanto. Era muito cedo, precisava conhcecer melhor o caminho, certificar-se que sim, é o correto. Não queria se sentir cercado, preso, não, afinal ali era um lugar com muitas entradas, saídas, nem sempre a primeira a se escolher seria a correta. Esquerda, direita, vai e volta. Zigue-Zagues a menos, passos a mais, se esconde, se distrái, pára, pensa, continua. Ao mesmo tempo algum dia poderia se perguntar, e agora? devo voltar? Certezas? como? impossível, só com o tempo iria ficando mais seguro de si, conhecendo aquele "ambiente" e quem sabe no momento certo chegaria ao grande destino tão sonhado?
Lutaria sempre que ainda lhe restasse forças, mas tinha a consciência de que em algum dado momento precisaria parar, descansar, repensar, voltar ou não. E assim caminharia tentando sempre não focar um caminho, mas a escolha certa, ou aquela que parecesse a mais certa, pois só assim, seria feliz consigo mesmo.

Frank Santos

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!

Últimos Posts