Simplicíssimo

O Bom de Amar

 

Como uma pluma ou pétala de rosa que se esvai, uma espécie de bruma chega aos sentidos, aos sentidos de quem anda devagar sem muito se apressar, aproveitando cada momento de modo calmo e intenso. E nesse momento mergulho na lembrança de como é lindo sentir o brilho dos seus olhos e participar de seu sorriso até que a lembrança se inunda e se transforma no maravilhoso presente: a realidade. E é me deliciando em cada segundo que vem a frente que acredito em como é bom viver. Dias bons, momentos bons, seguidos ou precedidos de outros nem tanto, mas que nem por isso me fazem esquecer do que realmente importa com uma batida diferente no peito. A batida de quem ama, e quem quer continuar sempre dançando e acompanhando o ritmo da valsa dos apaixonados, como queiram chamar, ou apenas daqueles que amam verdadeiramente.

Frank Santos

Últimos posts

Follow us

Don't be shy, get in touch. We love meeting interesting people and making new friends.

Most popular

Most discussed