Simplicíssimo

Sem Fórmula Mágica

 

Como arrancar ele de mim?
Esse componente pulsante
como protegê-lo, do medo
ou do desespero?

Como viver sem ele?
que graça teria?
Tudo com cálculos,
frieza em demasia

Como esquecer?
Como lembrar
sem emocionar
os olhos
e demais sentidos?

Como dar umas férias?
Viver calmamente,
sem desejos cegos
ou iludidos,
fortes e
descabidos,
sedentos
de imediatismo?

Uma fórmula secreta
embrulhada em um papel
poderia responder tudo com
apenas uma frase:
Não existe fórmula
 

Frank Santos

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!