Simplicíssimo

Como fazer pra não broxar

Não, eu não sou mágico, nem faço comércio ilegal de Viagra. Alguém digitou a frase que dá título a este texto e acabou caindo no meu blog. Isso porque, em um post anterior, está digitada a palavra “broxar”.

Para não perder o leitor, e atrair outros, resolvi me passar por psicólogo ou confidente, e tentar ajudar, mesmo que apenas com palavras e clichês.

Para não broxar, meu caro, tú tens que estar com uma mulher inteligente. É o primeiro requisito. Ela não precisa entender de física quântica ou ter lido Nietszche, Voltaire ou Hegel. Apesar de que uma boa dose de cultura é necessária. Afinal, você não quer conversar com uma porta, certo? E se a dita cuja não tiver nada na caixola, complica. Quando ela disser que o último livro que ela leu foi no colégio, aí sim, você vai broxar.

Mas ela precisa ter um outro tipo de inteligência também. Inteligência lasciva, compreende? Ela precisa saber te conduzir, e conduzir as preliminares. Porque, pelo visto, você não está lá com muito jeito para a coisa.

Tens também que escolher uma mulher vaidosa para ser tua parceira na cama. Mas não aquela mulher que exagera na vaidade, que demora uma hora – ou mais – para se vestir. A vaidade a qual me refiro é a seguinte: a de ela querer te deixar maluco, meu caro. De ela querer te proporcionar a maior foda de tua vida. Para você depois dizer “essa foi a melhor foda de minha vida, benzinho”. E, é claro, de se vestir bem, mas de forma simples, de estar cheirosa, e com uma inspirada lingierie.

Mas a mulher, sozinha, não resolve a tua situação. Você precisa ficar tranquilo, rapaz! Não pode ficar se cobrando demais. Viu o que aconteceu com o Ronaldinho Gaúcho na copa, não viu? Ele broxou. Porque esperavam demais dele. Então, mantenha a calma, pois o time ganha jogando em conjunto.

Outra coisa: não queira resolver tudo em dez minutos. Não se trata apenas de empurrar a bola pra dentro do gol. Há de se armar o time taticamente, planejar as jogadas, trabalhar a bola, fazer o trajeto defesa/meio-campo/ataque. Mas sem firula, sem firula…

Recomendo também que você manere no álcool. Se for beber, beba, mas não muito. Senão, não tem jeito mesmo.

Ah, e por último: goste da mulher. Sinta amor por ela. Com amor, você não broxa nem com a Bruxa do 71. É claro que, se ela for bonita, melhor ainda. Mas o fundamental é o sentimento. De nada adianta você pagar 1 milhão de dólares por uma noite com um monumento recheado de silicone: se não houver nada que “acenda a chama”, que levante o teu bilau, pra ser mais direto, tú vais broxar mesmo.

Mas é claro que tú podes ignorar tudo o que eu disse aqui e simplesmente comprar um Viagra e pagar uma mulher qualquer para satisfazer tuas vontades.

Seja lá qual for a tua escolha, boa sorte!

Rafael Rodrigues

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!