Simplicíssimo

Por trás do seu sorriso

 
Eu sempre me escondi por trás do seu sorriso. Motivo de minha indisfarçável timidez. Você ficava no canto da sala, sempre a sorrir, sem compreender minha falta de atitude. Você não percebeu que eu ficava inibido ao me esforçar para esconder a timidez. Nunca imaginou que a coisa que eu mais queria era sair correndo e abraçá-la.
 
Enquanto escrevo, penso na vida que vai e imagino você chegando. Não sei se eu a amava, realmente não sei. Mas sei perfeitamente o bem que me fazia somente em trocar algumas palavras, pelo simples prazer de ouvi-la. Pena que eu nunca pude expressar isso de forma concreta, conforme eu queria.
 
Nos momentos em que eu estava triste você se chegava para mim. Diversas vezes quis saber o que eu sentia, mas eu desconversava simulando falsa alegria. Cheguei a pensar em mandar um bilhete falando do bem que sempre lhe quis, mas eu não sabia escrever direito.
 
Eu até tentei, fiz um esforço imenso, mas confesso que desisti. Sentia medo de errar nas palavras, não queria perder a chance de olhar em seus olhos e ver a alegria brotar ao me ver. Não quis botar tudo a perder, havia em mim vergonha de expressar sentimentos. Eu sempre me escondi por trás do seu sorriso. Motivo de minha indisfarçável timidez.

 
 
 
"Não entendo a vida sem os gestos de carinho entre pessoas que se querem bem, muito menos sem as necessárias atitudes e ações solidárias vindas até mesmo de pessoas que nunca se viram antes."

Luiz Maia
http://br.geocities.com/escritorluizmaia/
msn:
luiz-maia@hotmail.com
skipe: luizmaia1
Autor dos livros "Veredas de uma vida", "Sem limites para amar", "Cânticos" e "À flor da pele". Recife-PE.

Luiz Maia

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!