Borboletas

As borboletas borboleteiam
E eu aqui
Buscando rimas
Rimas que não rimam nos ouvidos
Mas que rimem na cabeça As borboletas borboleteiam
E eu aqui
Buscando rimas
Rimas que não rimam nos ouvidos
Mas que rimem na cabeça

E as borboletas
Borboleteando
Eu não
Lindas por serem o que foram
E o que são

Vou e venho no passado
Futuro presente
Combinando escolhendo rascunhando
E elas são
E eu não

São e vão
Borboleteando
E eu aqui

(Não sei se esse caminho é o caminho que me levará àquilo que busco, só conheço o que busco, meu objetivo final (que ora não vem ao caso), mas o caminho… o fato é que estou meio perdido, todos já tinham percebido eu sei, mas como disse Claudino: "…sou um ignorante que aprendeu a escrever, e teve a sorte de ser convidado a mostrar seus escritos…" e não vou parar de tatear o caminho, e bandonar o sonho antes do final!” – M.)