Como será o amanhã?

es.pe.ran.ça (de esperar) sf 1 Ato de esperar o que se deseja. 2 Confiança em conseguir o que se deseja. 3 O que se espera ou deseja.

pers.pec.ti.va (lat perspectiva) sf 1 Arte de figurar, no desenho ou pintura, as diversas distâncias e proporções que têm entre si os objetos vistos a…

es.pe.ran.ça
(de esperar) sf 1 Ato de esperar o que se deseja. 2 Confiança em conseguir o que se deseja. 3 O que se espera ou deseja.

pers.pec.ti.va
(lat perspectiva) sf 1 Arte de figurar, no desenho ou pintura, as diversas distâncias e proporções que têm entre si os objetos vistos a distância. 2 Pintura que representa jardins ou edificações a distância. 3 fig Panorama; vista. 4 Probabilidade, expectativa.

Confrontam-se tais termos em minha cabeça. Na cabeça de todo brasileiro creio eu.

Tempo

Quem teve a idéia
de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial,
industrializou a esperança,
fazendo-a funcionar
no limite da exaustão.
Doze meses dão para qualquer ser humano
se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação
e tudo começa outra vez, com outro número
e outra vontade de acreditar
que daqui por diante vai ser diferente

Carlos Drummond de Andrade

Mas o ano se inicia e temos que pensar em mais esta fatia.
Um bom ano a todos.
Novas reflexões, novas esperanças e vamos que vamos.
– Curada a ressaca, adiante!

Beijos a todas e abraços a todos.

M.