E “Enquanto Isso”

Vida senhores
Enquanto isso vida
Série infinita de escolhas

Perfeita como ela só
Perfaz o tempo sem cerimônia
Não importa logo amanhece

Planos prantos tantos
Pode ser o que for, quando for

alt

Vida senhores
Enquanto isso vida
Série infinita de escolhas

Perfeita como ela só
Perfaz o tempo sem cerimônia
Não importa logo amanhece

Planos prantos tantos
Pode ser o que for, quando for
Apenas vida, que pena
Importante, não urgente

Querendo pode não viver
Seja covarde o bastante
Seja corajoso o bastante
Pra isso

Nada urgente, é gentil
Alí esperando inabalavél
A vida não bate à porta
Não reclama não chama
Espera o protagonista
Seja como for

Não siga o cronograma escreva-o
Ou pague o preço
Não seja figurante na breve cena sob o céu
Faça valer a escolha enquanto ela é sua