Só pra entender – Brevíssimo comentátrio político econômico.

Isto nasceu no embalo do texto da semana passada, fui escrevendo ao longo da semana, não tenho orgulho de saber isso tudo, pois trata-se do país que amo sendo mal tratado sistematicamente, e o povo…. Bem, o povo você já sabe! Se por um acaso (nada é por acaso) você souber responder minha pergunta, ou se puder indicar o caminho da resposta, peço que o faça nos comentários, se não puder comente também.

Certo, certo, só pra ver se eu entendi:

 

Nosso país entra neste ano com algumas coisinhas por resolver: a economia não cresce por conta dos juros estratosféricos praticados pelo Banco Central – BC, juros estes que não baixam por que o Conselho de Política Monetária – COPOM tem uma política monetária profundamente conservadora, beirando o medo.

O governo, em fim de mandato, amarga o segundo menor crescimento do produto interno bruto – PIB da América latina, só ganhando do Haiti que está em guerra civil, pois se não fosses por isso certamente até eles cresceriam além dos pífios 2,5% que nossa economia conseguiu evoluir. Estamos na platéia do espetáculo do crescimento que se vê mundo a fora, espetáculo este estrelado há muito pela China e seus operários amestrados.

O planalto diz que não pode fazer nada, pois o Banco Central tem autonomia para decidir o quê e como fazer, pois não faz muito tempo já houve uma briga por conta de tal liberdade que o BC queria, e não tinha, agora que tem faz isto, amara nossas pernas permitindo ao brasileiro nada além do rastejar economicamente.

O brasileiro trabalha mais de 160 dias por ano só para pagar impostos, trabalhamos do início do ano até o fim da primeira metade de maio para quitar nossos débitos com o grande sócio, são 44% do total. Colocando mais uma vez o dedinho na calculadora: mais de 3 horas e meia de trabalho por dia exclusivamente para gerar renda para o governo, e este ano a arrecadação bateu todos os recordes históricos, cresceu mais de 5% em relação a 2004!

Ta bom ta bom vá lá… o que mais temos? Estão dando feliz 2007 por aí, pois este ano temos carnaval, copa do mundo e eleições, e talvez falte ano para tanta coisa.

Correm em Brasília CPIs inócuas, que ninguém respeita, se você tiver alguma informação importante para uma CPI não esquente a cabeça, ninguém está obrigado a fornecer nada, nem mesmo um depoimento sincero. E o pouco que se descobriu pode ser assado como o recheio da pizza que os deputado e senadores querem preparar através de relatórios paralelos.

A auto convocação da câmara dos deputados deu o que falar, afinal de contas a única coisa que nossos nobres parlamentares fizeram neste período foi receber dobrado. Mas esta satisfação já recebemos, o recesso parlamentar foi diminuído de excessivos 90 dias para escassos 55 dias! E tem mais, a remuneração em caso de auto convocação será abolida, dá pra acreditar? Ano eleitoral fez milagres!

Resta-nos, neste baile em que o povo, chupando o dedão, só assiste, votar e trabalhar, mas frente a tudo isso que vimos, será que o voto vai mudar alguma desta vez? Dizem que cada povo tem o governo que merece, será que merecemos mesmo isso?

Lanço ao ar este questionamento… Algum eco?