Cultura é tudo

Achei uma ótima, pra não dizer uma excelente, sobre o vale-cultura, que o governo pretende implantar. E tem urgência nisso, pois, o trabalhador vai pagar R$5,00 por um cartão magnético contendo R$50,00 pra usar com cultura. E, uma das propostas (excelente) é que o trabalhador ao comprar um cd, vai usar o cartão só em lojas credenciadas. Daí… adeus cd pirata (onde espertinhos ganham dinheiro à custa alheia e sem pagar impostos). Achei uma ótima, pra não dizer uma excelente, sobre o vale-cultura, que o governo pretende implantar. E tem urgência nisso, pois, o trabalhador vai pagar R$5,00 por um cartão magnético contendo R$50,00 pra usar com cultura. E, uma das propostas (excelente) é que o trabalhador ao comprar um cd, vai usar o cartão só em lojas credenciadas. Daí… adeus cd pirata (onde espertinhos ganham dinheiro à custa alheia e sem pagar impostos).Vai ter gente que irá pela primeira vez ao teatro – e irá pensar "por que nunca fui antes a um lugar maravilhoso destes? Não sabia o que estava perdendo!!". Os cinemas com certeza também vão lotar. Nunca se lerá tanto! A cultura nunca esteve tão perto, tão à mão, como estará agora. Com isso, os preços baixarão, pois a demanda será grande. E este nosso País, enfim, será um País de homens e livros. E cinema. E música. Etc etc etc
Parabéns ao governo federal, ao ministro da Cultura Juca Ferreira, que estão empenhados para que se faça valer logo esta excelente, ótima ideia.
Resumo: o trabalhador paga R$5,00 por um cartão magnético com R$50,00 de créditos, para comprar livros, ir ao cinema, teatro, comprar um cd etc. O governo pagará entre 60 e 70% desse benefício. Assume 1% do imposto devido a cada empresa, e a partir daí, ele compartilha com o empresário. Isso vai gerar muitos empregos.
Demanda subindo, preço caindo. E tudo isso é cultura.