O amor também tem suas cores

Como explicar? Como acreditar?
Que por uma imensa linha colorida
Trafega uma paixão tão sofrida
Carros, ônibus, bestas e vans
Uma estrada, uma espera Como explicar? Como acreditar?

Que por uma imensa linha colorida

Trafega uma paixão tão sofrida

Carros, ônibus, bestas e vans

Uma estrada, uma espera

Bandeiras, gritos, total entrega

Alguns, no meio da multidão

Por pura irracionalidade

Destoam da maioria

Praticam atrocidades

Envolvem-se em brigas

Mas excetuando-se os loucos

Acham-se os verdadeiros

Aqueles que voltaram tristes

Uma derrota no fim

Porque um castigo assim?

Frustrados, mas deixam tremular

As mesmas cores de sempre

Vitórias, insucessos, nada importa!

Amor assim tão imenso

já é uma eterna glória