Fora Todos!!

O ser humano sempre diferenciou-se dos demais seres vivos deste planeta, pelo seu poder de raciocinar. Raciocinando, ele descobriu coisas que lhe deram o irrefutável título de rei dos animais. Entre tantas invenções tantas e tantas vezes debatidas, destaco uma de extrema importância: A mentira.

São Paulo, 22 de agosto de 2005.

 

FORA TODOS!!!

 

O ser humano sempre diferenciou-se dos demais seres vivos deste planeta, pelo seu poder de raciocinar. Raciocinando, ele descobriu coisas que lhe deram o irrefutável título de rei dos animais. Entre tantas invenções tantas e tantas vezes debatidas, destaco uma de extrema importância: A mentira.

A mentira apareceu pela primeira vez, quando o neandertal chegou em casa com a pele de mamute suja de batom. Sem saber o que fazer, o sujeito, ameaçado pela esposa peluda, histérica e suja, inventou uma desculpa qualquer, que colou. No dia seguinte ele apareceu no boteco da caverna ao lado e contou pros camaradas. Eles adoraram, e, a partir daí, deu-se o uso da mentira na função de salvar casamentos. Claro que a senhora neandertálica também aprendeu rápido a despistar as desconfianças do marido ogro, usando de artifícios não verdadeiros, tais como a famosa "dor de cabeça", que na época era conhecida apenas por "ghdsaadjjz"…

Passados muitos séculos, desde a primeira e inocente mentirinha, a humanidade aprendeu a usar do artifício para tirar proveito de diversas situações. Desde o primeiro governante mentiroso, até os atuais, em nosso dia a dia corrido, no esquecimento de uma data importante, na falta ao compromisso inadiável, na preguiça de ir trabalhar, nas perguntas difíceis de nossos filhos pequenos, enfim, em tudo que puder nos embaraçar.

Não sei se o Ministro falou verdades no último domingo. Acho até que não. Mas, sabe como é, melhor mesmo que pensemos que eram verdades, em nome de um mínimo de estabilidade econômica, que parece ser a última das bandeiras a ser derrubada neste governo. Já pensou se encasquetarmos que era tudo lorota… A vaca, que já está no brejo, afunda de vez, e aí, irmão, aquela minha pequena chance de efetivação vai com a pobre vaquinha, pra merda…

Enfim, já aceitamos a mentira como parte integrante de nossas vidas, tão importante quanto nossa necessidade de respirar. Sabemos mesmo quando estão mentindo pra gente, na maioria das vezes…

Agora, perguntado sobre a compra de votos para a reeleição, o ex-presidente FHC poderia ter usado uma porção de mentiras aceitáveis. Qualquer uma, a gente fecharia os olhos e engoliria numa boa, ajudado por uma pinga, pra descer melhor. Mas, responder que "foi um acidente", realmente, é de deixar puto o mais fatalista dos mentirosos, e isso eu, pelo menos, não admito…

Enfim, vou aderir ao movimento crescente do "Fora Todos!!!", pois, ao que parece, quando é do PT é desonestidade, quando é do PSDB, é engano… Enfim, são todos uns bons pilantras, pra não escrever palavrões, e isto, infelizmente, é a mais pura verdade…

 

Marcos Claudino