Simplicíssimo

O celular a serviço da medicina

Uma recente notícia está dando chances positivas para que se detectem problemas na visão com o uso do celular. Vitor Pamplona, há um ano no Media Lab – laboratório de Mídia, em português – situado nos Estados Unidos, é um pesquisador brasileiro e está fazendo tese de doutorado em computação gráfica. Ele está desenvolvendo um dispositivo portátil que acoplado ao smartphone mede graus de miopia, astigmatismo, hipermetropia e presbiopia do seu usuário. Segundo ele 2 bilhões de pessoas no mundo precisam de óculos, meio bilhão não tem acesso ao médico e existem 4 bilhões de celulares no mundo todo. É um meio então de se chegar a esses que não conseguem acesso ao médico, principalmente as comunidades carentes. A ideia é apenas ajudar na detecção de algum problema visual para assim a pessoa então procurar um profissional qualificado. Foi por intermédio da esposa do orientador do pesquisador brasileiro que foi descoberto esse dispositivo – que poderá ajudar na descoberta de doenças oculares -. Ela não conseguia enxergar os gráficos de um novo código de barras por causa de um problema de mipoia; testaram o dispositivo mas com ela não funcionava; ela então foi ao médico e descobriu um problema nas córneas. É a tecnologia mais uma vez a serviço do bem-estar das pessoas.

Afonso José Santana

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!

Últimos Posts