Simplicíssimo

Violência no Recife

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, o Brasil é a nação que apresenta a segunda maior taxa de mortalidade por agressão, ficando atrás apenas da Colômbia, que enfrenta uma guerra civil (Almanaque Abril 2003). A cidade do Recife é a capital com maior taxa de homicídios, proporcionalmente: são 90,5 mortes para cada 100 mil habitantes. (O Globo Online, 29/01/2008). Com tantas falhas na segurança pública, o que deve fazer o cidadão?

O imposto que pagamos deveria assegurar à sociedade uma polícia melhor aparelhada e treinada para combater a violência. O que vemos, no entanto, é um reduzido número de viaturas. Na classe alta, a “solução” imediata consistiu em uma migração das famílias para condomínios fechados, cercados e com todos os serviços básicos dentro daquela área. Tudo para evitar que os indivíduos saiam do mundo perfeito e sejam expostos ao perigo. Mas as classes menos favorecidas, que devem fazer para proteger-se?

Infelizmente, a grande maioria dos nossos políticos não tem conseguido (às vezes sequer tentado) reprimir a criminalidade em áreas de risco, como é o caso dos bairros do Coque, do Ibura e Nova Descoberta. Não adianta haver medidas repressoras sem prevenção. O controle de danos deve ser feito, mas é necessária uma ação maior, unindo as esferas municipal, estadual e federal. Prover as comunidades carentes de saneamento básico, educação de qualidade e oportunidades de emprego é um meio eficiente de reduzir os índices astronômicos de assassinatos. Parcerias com ONGs e associações de moradores podem garantir também áreas para lazer.

O Pacto pela Vida, criado em 2007 pelo Governo do Estado, busca reduzir em 12% ao ano a taxa de homicídios em Pernambuco. É uma meta ambiciosa, mas que pode ser alcançada com o apoio da sociedade. Não adianta sentarmos e esperarmos que o Estado resolva tudo: devemos nos engajar pela luta pela paz.

Mariana Barbosa Ferraz Gominho

Últimos posts

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!