Simplicíssimo

Raio

 Num raio “ultra-violento”

Em um beijo justo e curto

Um lamento

Sorriu com meus lábios

 

A gota de sangue escorreu

No canto da boca doce

A minha língua que lambeu

Sorriu lacerante

 

E a baba desceu num guento

Gargarejou o som de sua alma

Numa essência de tormentos

Banhou minhas cordas

Já nem tão vocais assim

Gemeu o vento rascante

Assobiou a noite escarlate

 

Meu filho, meu ventre

Tão provedor de sentimentos

Secou com o choque de seu momento

Cansou de ovular lágrimas

E se pôs a soluçar

 

Menstruou todo meu sofrimento.

Daniel Loose

Últimos posts

Follow us

Don't be shy, get in touch. We love meeting interesting people and making new friends.

Most popular

Most discussed