Simplicíssimo

Costumes atuais: o “ficar”

Já ouvi muita gente reclamar,mas a verdade é que poucos conseguem,ou realmente tentam,abrir mão dessa espécie de relacionamento instantâneo,o “ficar”.Ele é realmente estranho,pois consegue envolver,ao mesmo tempo,variáveis graus de intimidade, entretanto,continua não significando nada,não tendo nenhum valor.

A maioria dos adeptos dessa prática afirmam estar plenamente adaptados e de acordo suas regras,as quais eu considero quase desumanas.Imaginem um rapaz ou uma moça,solteira e carente.Sim,carente,por que por mais amigos que alguém tenha,todas as pessoas emocionalmente normais desejam ter alguém para amar,alguém que seja muito mais que um amigo.Imaginem agora que essa moça sai com os amigos,sexta-feira à noite,claro,e um dos seus amigos lhe apresenta alguém.Eles sentam lado a lado, num barzinho com música ao vivo,e começam a conversar.Viajam por todos os assuntos,descobrem mil afinidades,gostam do mesmo tipo de música.E trocam telefones,é claro.

Sábado.A garota que trocou telefone ontem está na maior expectativa.É que ela não quer ligar pra ele,prefere que ele ligue,então,só lhe resta esperar.Ela espera,o tempo passa,e ele liga,sim.Ele vai passar na casa dela para busca´-la.Lá pelas nove(da noite)ele dá um “toque”no seu celular.É o sinal que indica que ele já chegou.Ela sai do prédio,nem preciso dizer que ela está linda(ou quase isso)e vai em direção ao carro dele.Ele faz tudo o que ela espera que ele faça:a cumprimenta com um beijo no rosto e abre a porta do carro para ela.

Eles conversam bastante,decidem ir a uma boate e,finalmente,”ficam”.Eu acho essa palavra extremamente sem graça,anti-romântica,mas,não sejamos hipócritas,pois “ficar”é, ao mesmo tempo,o mais corriqueiro,menos valorizado e o mais praticado tipo de relacionamento.Tanto que é até engraçado considerá-lo como sendo um tipo de relacionamento.

Sabem como termina essa história?Sinto muito,ela não termina,pois sequer chegou a começar.Eles gostaram um do outro,sim,mas na semana seguinte ele,ou ela,foi a uma festa de aniversário,onde acabou conhecendo outra pessoa ,também interessante,e acabaram “ficando” nessa festa mesmo.E na outra semana os dois( o primeiro rapaz e a primeira moça) tinham prova na faculdade,e acabaram adiando um novo telefonema.O motivo é incerto,mas eles não “ficaram” mais.

E o que eu considero desumano?Eu considero desumano não receber um telefonema no dia seguinte àquele primeiro encontro maravilhoso,considero desumano ter que frear os próprios sentimentos por não saber se o outro está realmente interessado em lhe conhecer, ou se todo aquele carinho que ele demonstrou é o mesmo que ele demonstraria para qualquer outra pessoa,considero desumano “ficar”com alguém e depois descobrir que esse alguém tem namorado ou namorada,enfim,considero desumana a facilidade que as pessoas têm,hoje em dia,de serem quase íntimas num dia e,no dia seguinte,totalmente indiferentes.

Aline Oliveira

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!

Últimos Posts