Simplicíssimo

Engano

Pensei. Realmente pensei. Mas quem não pensaria? Quem como eu também não se enganaria? Talvez somente quem não quisesse se enganar. De dias em dias as formas foram tomando seus lugares, e não se encaixando com uma organização determinada, foram se deformando, se adaptando à imagem que se queria montar. Mas perigoso não é se enganar, é se enganar sem motivo.A fantasia não é algo que se dispense como fruto da loucura, é em verdade alimento de nossas pretensões sem a qual o primeiro passo nunca seria dado, e muitas vezes nem os subseqüentes. Fantasiar é caminhar num lugar escuro buscando um caminho e apenas imaginar onde pisará o próximo passo, o engano é descobrir que todos os passos que se imaginou dirigirem-se para a direção certa o levaram a um caminho onde não queria ou não poderia estar. Pensei. Realmente pensei. Mas quem não pensaria? Quem como eu também não se enganaria? Talvez quem não soubesse que estava se enganando. O engano pode se tornar uma desculpa, pode ser o argumento premeditado para justificar uma momentânea abstração do mundo real, para seguir o caminho que se sabe provavelmente não se tornar verdade, mas por um momento poder sentir que tudo vai bem como se queria, e não como realmente tende a ser.  Deveria ser de uma forma, mas foi de outra, queria que fosse de um jeito, mas foi de outro, então tentou enganar a realidade enganando a si próprio, mudando sua forma de ver o mundo e se fazendo um pouco louco, mas um tanto pragmático utilizando a própria loucura. Manipulando a interpretação dos símbolos para fazê-los significar o que queria, pensando como se nada mais importasse além das evidências esculpidas, das provas manipuladas, da mentira que criou pra si mesmo. Mas não queria criar uma mentira, queria certamente criar uma verdade, então a verdade é a mentira e a mentira é a mentira mesmo, é como usar o próprio veneno pra se curar, é saber que nossos sentidos são limitados e sempre estarão nos enganando, a mentira não existe, é tudo verdade. Seria? Sim, seria. E por quê não? Isso se chama fé. Ou amor?

 

 

Murilo de Andrade

Últimos posts

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!