Simplicíssimo

O SOM DAS 4 E MEIA – EPISÓDIO 1

Som das 4 e meia:

 

Esta é uma coluna dedicada pra todos aqueles apreciadores da musica “lado B”. Aquele tipo de som que Não rola nas principais paradas brasileiras e não está bem cotado entre a maioria. É praquele som que só acha um espaço pra tocar nas F.M.s na madrugada, pra preencher o horário vazio, enquanto o DJ tira um cochilo. Ou então aquele som que nunca chegou até o ouvido dos nossos DJ´s , porque estavam ocupados tocando Nelly Furtado ou Justin Timberlake. O objetivo desta coluna é promover um resgate a esta cultura perdida no tempo, sufocada no meio dos grandes HIT´s, e que por um  motivo ou por outro nunca fizeram sucesso.

 

Composta pelo Cantor Christopher Sprull, guitarristas Jason Marks and Dave Dicke, baixista Alan Callahan e bateirista Scott MacConnell, a banda Far too Jones emergiu de Raleigh na Carolina do Norte e rapidamente se tornou uma das bandas mais populares da região sudoeste dos EUA. Tem 3 CD´s liberações oficiais e 1 EP lançados no mercado americano entre 1995 e 2000. Quem gosta de Verve Pipe, Matchbox Twenty ou Colective Soul deve gostar. Comece ouvindo “Julianna” , do álbum “ Shame and her sister” . Tavez seja o som mais popular deles no nosso meio, (se é que existe alguém que os conheça aqui), mas

não deixe de escutar “ Put me on your mix tape”, “ Alien Playground” do mesmo álbum e “ Nameless” do disco Picture Postcard Walls. Escute, analise, jogue fora, ou então, se você for Dj, ponha a rolar no “Som das 4 e meia da manhã”.

augusto barrios

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!