A conspiração (mais uma)

_ Senhores membros deste comitê. Nós do Pentágono realizamos esta urgente reunião para debater o futuro do mundo.

_ Do nosso mundo ou do resto do mundo senhor presidente?

_ Boa pergunta agente da CIA. Mas precisamos do resto do mundo para jogar os nossos restos. Então

_ Senhores membros deste comitê. Nós do Pentágono realizamos esta urgente reunião para debater o futuro do mundo.

_ Do nosso mundo ou do resto do mundo senhor presidente?

_ Boa pergunta agente da CIA. Mas precisamos do resto do mundo para jogar os nossos restos. Então vamos falar pelo mundo todo.

_ E nós temos esse poder senhor presidente?

_ Me admira um general fazer tal pergunta. É claro que sim. Temos todos os poderes. Você não assiste televisão? E mais uma intervenção dessas e vou pedir para o senhor se retirar.

_ Claro senhor presidente, desculpa.

_ O fato é que andei lendo este livro.

_ Ensaio Sobre a População? De quem é senhor presidente?

_ De um tal de Thomas Malthus senhor secretário de forças armadas. Meu filho está lendo na escola e veio me perguntar algumas coisas. O livro fala que a população está crescendo descontroladamente e isso vai repercutir em falta de comida e condições aceitáveis no planeta.

_ E para nós também senhor presidente?

_ Não sei ao certo eminentíssimo representante da NASA. Como bem sabes estamos a um passo de construir as torres trigêmeas em Marte, mas até lá vamos ter que nos considerar parte do planeta. A melhor parte dele diga-se de passagem.

_ E o que vamos fazer senhor presidente?

_ Bom senhor diretor das companhias petrolíferas. É por isso que estamos aqui. Eu tive uma idéia.

_ óhhhhhhhhhhhhhhh (em coro)

_ Obrigado, obrigado senhores. Pelo que meu filho entendeu e me explicou, Malthus diz que deveríamos fazer duas coisas: primeiro cortar as verbas para os projetos assistenciais, mas isso a gente já faz há tempos. E segundo, baixar uma lei proibindo as relações sexuais para os pobres.

_ Mas senhor presidente, seria o fim das nossas festas nos puteiros!

(todos concordam e protestam com veemência)

_ Calma senhores, calma. O nosso excelentíssimo chefe das operações militares especiais tem toda a razão e minha idéia não é essa.

_ Ahhhhhhhh, ufa! (em coro novamente).

_ Vamos patrocinar e promover uma série de eventos pelo mundo que matarão milhares de pessoas e o problema estará resolvido.

_ Mas vão nos chamar de assassinos senhor presidente!

_ Faremos em nome de deus meu caro chefe de estado para assuntos religiosos. Isso sempre funciona.

_ Não entendi senhor presidente.

_ Vou lhe explicar senhor mister em assuntos estratégicos. Por favor não me interrompam agora. Primeiro vamos jogar um avião contra nossas torres gêmeas. Mesmo porque já estamos construindo as trigêmeas em Marte como eu lhes falei antes. Isso causará uma porção de mortes de muitos estrangeiros que trabalham lá e uma compaixão mundial que nos autorizará a retaliar os autores do que chamaremos de atentado. Culparemos Bin Laden e o Islã pelas mortes e mandaremos tropas para liquidar as pessoas no Afeganistão e depois no Iraque. Essa gente só nos complica com sua religião anti-americana e com o controle do petróleo. Alistaremos nossos soldados mais pobres, porque se morrerem já nos ajudam com o problema levantado por Malthus.

_ Fantástico senhor presidente, mas e se por acaso se repetir o que passamos na guerra do Vietnã?

_ Eu já pensei nisso também meu amigo criador do cartoon Lippy e Hardy. Meu filho também tem aulas de geografia e esses dias me contou que existem falhas geológicas na crosta terrestre. Uma delas fica na Indonésia, onde vive muita gente pobre. Vamos mandar uma sonda marítima que se explodirá na fenda causando um leve terremoto e ondas gigantes que inundarão regiões asiáticas e teremos conseguido eliminar mais gentalhas e resolveremos a questão. O que acham?

_ De acordo senhor presidente (em coro).

_ Muito bem, então está aprovado. E para encerrar eu trouxe um filme do Hitler para assistirmos. Tragam a pipoca e o guaraná. Ah, a propósito. Vamos poupar o Brasil até descobrirmos a fórmula desse refrigerante ok?