Simplicíssimo

Amadurecendo

 

Existência enganadora a do momento
Sente-se a real, primordial e universal
Menospreza o destino, ilusões do tempo
Apropria-se do mundo como sua festa bacanal

Oh calor do espírito consciencioso
Sinergiza tua intuição benfazeja
Resgata com pressa o amigo precioso
Antes que o materialismo o faça, assim o seja

Verás que belo é o conhecimento
Sentirás o anelo de ser quem és
De um modo distinto, transparente, autêntico

Nem importa a causa ou o efeito
Faze dos fenômenos seu alimento
Adeja contente, como apreciando rapés

Tania Montandon

Últimos posts

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!