Simplicíssimo

Tag - Poesia a Toda Prosa

À Espera

Esperar o que? para que? com que? Quantas perguntas às vezes nos fazemos e de repente notamos que não, não mesmo, nem pensar, nenhuma resposta. Enquanto isso uma folha cai no chão, as pessoas...

Por Enquanto

Sem muitos sinais Em silêncio profundo Catando cada letra Com significado único Dando passos milimétricos Como estivesse no escuro E imaginando encontrar Um anunciado brilho Que risca o mar Adormece...

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!