Simplicíssimo

Copa do Mundo

Violentos Haikais 80/X

Violentos testículos
Carregam neném, doenças também
que sujeitos ridículos.

Faroeste 67/X

Tão apaixonado
redescobertas, sem cobertas
estou iluminado.
            

 

Mais uma vez começamos uma Copa do Mundo da maneira tradicional: jogando muito mal e deixando um timinho com a Croácia gostar do jogo e quase sair de campo com um resultado surpreendente. Nunca, jamais a Croácia conseguiu ganhar de um time sul-americano. Incluindo Bolívia, Equador… Pois é, nosso principal craque foi o Dida.            

Menos mal, o primeiro jogo está ganho, mesmo sem que o Ronaldo Fenômeno de Gordo tenha jogado. Tudo bem, ele estava em campo, mas pondero que ele chutou só uma bola em gol e foi substituído pelo menino prodígio, Robin… …  nho.             Na verdade, ninguém jogou muito bem, exceto os zagueiros e o goleiro (parece time do interior empatando na capital).            

Porém, o aspecto que mais me chamou atenção é que, mais uma vez, parecia que eu estava vivendo uma música do Raul Seixas, “O Dia que a Terra Parou”. O mais incrível é que eu sabia disse e fiquei muito tranqüilo, programando tudo que eu tinha que fazer para estar pronto às 15 horas para assistir ao jogo. Tudo muito natural.            

Você pode alegar que não estou sendo patriota, então eu devolvo dizendo que deveríamos fazer isto em qualquer dos esportes onde o Brasil participar em Mundiais. De surf a atletismo, passando pelo Voley e pelo Basquete. Temos campeões do mundo em vários esportes e tenho certeza que você não sabe o nome deles. Campeão e Campeã mundiais de Bodyboard, de vela, de judô, de Taekwondo e mais uns outros, todos super atletas que juntos ganham muito menos dinheiro que qualquer um daqueles que estão jogando a Copa do Mundo no time do Brasil.  Tudo bem, eu sei, não são esportes nacionais. Pois é, é por isto que o País não vai para frente.            

Então vamos lá, vamos torcer pelo gorducho, pelo dentuço, pelo Batman e pelo Robin. Sim, vamos torcer muito para que desta vez os políticos não aproveitem este oba-oba para dar mais uma ferrada no Brasil.            

De ré na contramão, para mostrar que nesta Copa é bom ficar com um olho no Futebol e outro no congresso, para que o Brasil vá para frente em todos os sentidos.

Pedro Armando Furtado Volkmann

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!

Últimos Posts