Simplicíssimo

Um caso com o Ex

Fazia três anos que não o via…

Incrível… Pensei que já havia superado, que o amor tinha passado…

Ele batia do lado de fora da casa e eu tremia toda por dentro…

entreabri a porta só de robby…

Ele se aproximou, pediu pra entrar, dei passagem sem pronunciar palavras…

Sentou-se no sofá e ficou ali, parado com as mãos soando e remexendo, parecia nervoso.

Perguntei com voz firme quase áspera “o que queria”, não por desprezo ou raiva, mais por medo de demonstrar minhas emoções…

Ele me fitou, e baixou a cabeça, gaguejou que precisava me ver, conversar…

Fugi pra cozinha… abri a geladeira, pus água no copo e enquanto buscava tempo para me recompor pensava, ele não mudou nada, nem uma ruga, nem um cabelo branco, nem uma gordura fora do lugar, como pode o tempo não ter passado para ele,e te voado

para mim???

Volto pra sala, sento na poltrona ao lado…

Ele meio desconcertado me olha, e se aproxima…

– eu ainda te amo

Que surpresa…

Quase me afoguei

Essas palavras…

Quanto tempo esperei por elas, e agora sem que eu esperasse…

Ele levanta e se aproxima, aproveita meu susto, se ajoelha pega-me a mão e me beija.

Quanto tempo não fui beijada dessa forma, como se estivesse dentro do mar mergulhando e me aprofundando…

Deixei rolar…

Aos ele se afasta… e me interroga…

– quer ser outra vez minha mulher???

Nesse momento o telefone toca, minha filha chama por mim, e ele…

Ele foge mais uma vez.

Midiam França

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!

Últimos Posts