Simplicíssimo

Espírito de Natal

O que é ritmo? Será que ele é apenas uma marcação de tempo? Será que o Natal pode ser reduzido a encontros familiares? Ritmo, símbolos e eras… Uma visão diferente do Natal.

O Tannenbuam
Wie grün sind deine Blätter.
Du grünst nicht nur zur Sommerzeit,
Nein auch im Winter wenn es schneit.
O Tannenbaum
Wie grün sind deine Blätter!
O Tannenbaum
Du kannst mir sehr gefallen!
Wie oft hat nicht zur Winterszeit
Ein Baum von dir mich hoch erfreut!
O Tannenbaum
Du kannst mir sehr gefallen!
Du grünst nicht nur zur Sommerzeit,
Nein auch im Winter wenn es schneit.
Du grünst nicht nur zur Sommerzeit,
Nein auch im Winter wenn es schneit.
O Tannenbaum
Dein Kleid will mich was lehren:
Die Hoffnung und Beständigkeit
Gibt Mut und Kraft zu jeder Zeit!
O Tannenbaum
Dein Kleid will mich was lehren.
Du grünst nicht nur zur Sommerzeit,
Nein auch im Winter wenn es schneit.
Du grünst nicht nur zur Sommerzeit,
Nein auch im Winter wenn es schneit
Du grünst nicht nur zur Sommerzeit,
Nein auch im Winter wenn es schneit.
O Tannenbaum
Wie grün sind deine Blätter!
O Tannenbaum
Wie grün sind deine Blätter!
Ó Árvore Natalina
Como são verdes suas folhas
Você não é verde somente no Verão
Não, também no Inverno quando neva
Ó Árvore Natalina
Como são verdes suas folhas
Ó Árvore Natalina
Você pode muito me agradar
Praticamente não existe no tempo frio
Uma alta árvore tua  me alegrado
Ó Árvore Natalina
Você pode muito me agradar
Você não é verde somente no Verão
Não, também no Inverno quando neva
Você não é verde somente no Verão
Não, também no Inverno quando neva
Ó Árvore Natalina
Seu vestido quer me ensinar algo
A esperança e possibilidade
Há coragem e força para cada tempo
Ó Árvore Natalina
Seu vestido quer me ensinar algo
Você não é verde somente no Verão
Não, também no Inverno quando neva
Você não é verde somente no Verão
Não, também no Inverno quando neva
Você não é verde somente no Verão
Não, também no Inverno quando neva
Ó Árvore Natalina
Como são verdes suas folhas
Ó Árvore Natalina
Como são verdes suas folhas.

Violentos Haikais – série II / 6/x

Mais um ano na sina
e ano e de novo,
loucos pela vacina

Pseudomístico – a ciência do cotidiano 6/x

Impos(i)tor de mãos,  impondo condições, verbais, sexuais, coisas imediatas, já que as coisas mudam da noite para o dia.

Cantar foi uma das soluções antigas para marcar o tempo. Não como o conhecemos agora, mas uma forma de determinar um ritmo, frenético só em batalhas contra seres humanos, sempre lento e inexorável contra a natureza.

                Porém além de marcar o tempo, marcam uma época, marcam símbolos, marcam o ser humano na sua tentativa de lidar com o mundo e com o seu mundo.

                Qual o sentido de cortar uma árvore e enchê-la de enfeites?

                Qual o sentido da estrela na ponta da árvore?

                Qual o sentido do Papai Noel?

                Qual o sentido do nascimento de uma criança?

                Qual o sentido dos três magos?

                Cada qual com sua resposta, mas o verdadeiro espírito natalino está em pensar sobre estas coisas, para que cada um encontre suas respostas.

                Refletir e criticar, este é a única forma do mundo mudar.

                Feliz Natal 2020.

Obs.: caso você queira, pode voltar na música alemã, obre a árvore de natal. È uma excelente forma de pensar sobre o Natal?

Fotografia do site Unsplash de Bellava G.

Pedro Armando Furtado Volkmann

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!

Últimos Posts