Simplicíssimo

O Brasil e o Complexo de Pelé

 

Nesta Olimpíada, quando o Brasil supera o “Complexo de Viralata”, do Nelson Rodrigues, surge o Complexo de Pelé para nos complicar.

O Complexo de Viralata é o que eu chamo de amarelada geral. O brasileiro treme na primeira jogada que dá errado. Mas nem todos. As jogadoras de vôlei, por exemplo, trabalharam duro para vencer a Rússia e conseguiram. Os jogadores do basquete masculino somaram suas melhores qualidades e enfrentaram a Argentina (atual campeã olímpica) de igual para igual. Perderam, após 3 olimpíadas sem participação.

O Complexo de Pelé é a mania que os comentaristas brasileiros têm de achar erros nos treinadores e no trabalho coletivo.

O nosso basquete teve um êxito imenso em chegar nesta Olimpíada e seu técnico implantou (finalmente!) o trabalho coletivo do basquete mundial no Brasil. O time que disputou sulamericano sem o Magnano estava irreconhecível. Com ele, o Brasil tem sempre um quinteto inteiro em quadra, marcação forte e controle do adversário. Perdeu, hoje, porque errou muitos arremessos livres. Poderia ter vencido.

Aos comentaristas que criticaram até na derrota para a Rússia e nas vitórias, chorem. O Brasil tem um treinador de verdade. Aproveita o que tem de melhor e analisa o jogo como poucos. Soma o seu potencial e diminui o do adversário o tempo todo. Apenas não entra em quadra para arremessar. Parabéns aos jogadores do Brasil que entenderam e aplicaram-se 100% nos jogos. Virão outras vitórias, com certeza.

Afinal, não adianta ter o cestinha da partida e perder. Em frente Brasil e que sirva de lição para outros esportes.

 

Mauro Rodrigues

Últimos posts

Follow us

Don't be shy, get in touch. We love meeting interesting people and making new friends.

Most popular

Most discussed