Simplicíssimo

Egoísta!

Sábado, o sol abaixo do horizonte,

Pairava anseio no ar.

Era iminente e previsível o ato tão esperado,

A consumação do desejo aflorado.

A carne saciada.

Ao passo que buscamos incessantemente satisfazer nossos caprichos,

progride na mesma proporção a sucessão de vidas peculiares.

Nos tornamos egoístas, dentro de um pequeno universo de fantasias,

onde sempre buscamos o papel principal.

Sinto-me agora como um barco sem leme nem bússola,

que é levado ao gosto do vento.

Acredito numa viagem fantástica, mas sei que hei de naufragar.

Encontrei o tesouro perdido, não sei se posso empunhar.

Léa Sperb

Últimos posts

Follow us

Don't be shy, get in touch. We love meeting interesting people and making new friends.

Most popular

Most discussed