Simplicíssimo

Pensar e Viver a Educação em uma Sociedade em Colisão

Como já dizia Ramalho Ortigão, Aprende-se de tudo menos a descobrir, a pensar, a sentir conscientemente, analisando, criticando. Tem-se uma educação por via da qual se pode chegar a ser deputado, mas nunca um homem.

Enquanto as estatísticas insistem em nos informar que estamos cada vez mais "conectados", bastando ver para isso o número de telefones celulares, computadores e o acesso à banda larga, da janela lá de casa vejo o contrário: parece que estamos cada vez mais desconectados.

Humanos que somos, trocamos informações mas estas já não correspondem a afetos. Quando elicitam emoções, estas parecem embotadas, ou são desproporcionais aos estímulos recebidos. Troca de informações funcionam bem entre máquinas e computadores, mas nem tão bem em nosso hardware e software animal.

Buscando ajuda para pensar em uma Sociedade distante de seu ponto de equilíbrio, criei hoje uma pergunta lá no Fórum do OPS! Debate: Qual o papel da Educação em uma Sociedade em colisão interna?

Reflita e ajude-nos a responder esta intrigante questão. Responsa no Fórum, por gentileza, para aquecer o debate.

Rafael Reinehr

Últimos posts

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!