Simplicíssimo

Brasil: Aeroporto, 1969

… e ele não podia compreender o porquê de tudo aquilo: do telefonema no meio da noite… do embarque às pressas… Ele só sabia que precisava fugir! Fugir de tudo, de todos… – Para longe de sua gente…
… Para longe daquela vida…

Edweine Loureiro

Últimos posts

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!