Simplicíssimo

Um e Outro

Outro ferro
Um transparente ao outro
Outro cristalino ao um
Um dobrável
Outro Flexível
Um de Áries
Outro também
Um imagina
Outro está lá

Há energia entre um e outro
Magnetismo que ora atrai, ora repele
E parece que nada alterava seus ciclos, suas brisas
Que poderia na louca realidade rabisquenta descansar
Na vida própria que tomara, passado presente futuro

A produzir um rascunho tão perfeito
Nada será capaz de passá-lo a limpo

Um projeto de sonho tão real quanto o nada no infinito
Onde moraria a beleza essencial, inicial em fim

Um encontro
Um em outro

Outro encontro
Um de uma, cada outro destes uns etéreos noutros a saber

É um saber de que sabe
Que o outro já sabia
Um que se sabe do saber do outro
De um, de outro e vice-versa
Quase sempre

Marcos Pedroso

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!