Simplicíssimo

Minha musa

Que seja minha musa essa mulher
Que sonho sempre linda e prestimosa
Que de dia me xinga e à noite goza
Essa mulher que qualquer homem quer.

Que seja pro que der e o que vier
Que seja recatada e escandalosa
Que rescenda mais a alho do que a rosa
Que seja menos musa e mais mulher.

Que seja a mais sublime criatura
Que vejo em qualquer rua de Londrina
Mas que resida lá na Conchinchina

Que ela seja uma dama… sem frescuras
Que soe como um verso e uma piada
E que nunca, jamais, seja encontrada.

João Batista dos Santos

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!

Últimos Posts