Simplicíssimo

Vai dar, Gretchen. Vai dar Gretchen!

Gretchen é morena e foi sensual tanto quanto as parceiras, “As Melindrosas”. A juventude conhece Gretchen, mas duvido que se lembre de “As Melindrosas”. Era gostoso ouvir as moças. Clube do Bolinha, Chacrinha, Sílvio Santos sem o Gugu e, enfim, a TV sem Faustão. Ou, ao menos, sem Faustão embalsamado em vida pela Globo. Bons tempos! Gretchen nunca foi bonita. Bonita, mesmo, era a negra Eliana Pitman. Gretchen foi sensual. Dona de uma fantástica bunda que tinha rival só para a da deslumbrante Rita Cadilac – eterna rainha nadegal –, ela foi regente da masturbação juvenil da garotada dos anos setenta, e ainda deu no caldo nos anos oitenta. Os anos noventa repetiram tudo que se fez nos anos setenta e oitenta. Exceto o fim do comunismo, os anos noventa foram aquilo que Marx disse: a repetição da história, sim, mas como farsa. Ou melhor, foram anos onde a repetição da história veio como pastiche. Caso Bill Gates não tivesse aparecido e criado a Internet e, então, revolucionado de fato o mundo, os anos noventa seriam um tédio. Mas, para competir com o feito de Gates, foi nos anos noventa que Gretchen realmente mostrou que as chanchadas do início de carreira eram peça de museu. Ele terminou o século e iniciou este que vivemos com chupetaças e, para completar, agora, é candidata a prefeita de São Paulo. Itamaracá? Ah! Que nada, ela tem de ser candidata aqui. Tem de começar já na cidade grande.

“Senhoras de Santana”, que nem sei se existem ainda, podem se revoltar contra uma prefeita que faz uma chupeta, manda filmar e, enfim, ganha dinheiro com isso. Mas Gretchen pode objetar dizendo: a chupeta que fiz foi com o membro (o pau) do meu marido. Filmei para que saibam que não deixo meu marido só na masturbação (punheta), solitário. E tirei uns trocados, é claro, pois quem vai pagar o leite aqui de casa?

Gretchen faz boa chupeta. Não é aquela coisa de enfiar o membro inteiro na cavidade bucal (traduzindo: não enfia todo o pau na boca). Ela abocanha o bicho, só a glande (a cabeça do pau), e massageia ali com a língua e toda a parte interna das bochechas, fazendo a glande circular, mas sem movimentos bruscos. Ela suga também, atingindo mais a parte de baixo da glande, onde o homem tem uma sensibilidade maior (o famoso cordãozinho, que mantém a cabeça do pau presa ao corpo do pau). Sim, já sei, dizem as más línguas (com o perdão do trocadilho), que Gretchen faz boa chupeta por que não usa a língua, e sim a gengiva. Ah! Mentira. E, agora que ela está na política, eu diria: intriga da oposição. Aposto que é invenção do Kassab, boataria da Marta Suplicy, que nunca teve coragem de fazer a performance da Gretchen. Ela está com 49 anos? Ou mais? Não sei. Mas, enfim, é moça ainda para já fazer a “gulosa” só na gengiva. Isso não importa. O que importa é que Gretchen evoluiu. Não ficou naquela coisa de só bunda, bunda, bunda. Bunda é bom, eu gosto. Mas não se pode ser prefeito só mostrando a bunda (do mesmo modo que não se pode ser prefeito empurrando os problemas com a barriga!). Lembram da Tiazinha (que o Jabor tinha inveja, pois ela fazia mais sucesso que ele, só com bunda) do “protocaldeirão-do-Lucianorruuck”? Bunda. Tudo bem, era uma bela bunda. Mas era bunda, e não era aquela baita bunda, que os borracheiros antigamente gostavam, antes de terem virado todos evangélicos. Mas Gretchen mostrou que evoluiu. No Pornotube ela aparece fazendo uma chupetaça para o maridão. Não mostra a bunda. Só ali, no boquete mesmo, na pura raça. Em nenhum momento apela, mostrando a bunda. Ao menos não ali, na cena-boquete. A cena-boquete é só boquete. Analítica. Mantém firme a condução do membro, não deixando o bicho escapar e bater no rosto ou “mijar fora do penico”. Nada disso, controla tudo e se faz administradora do instrumento denominado pênis. Administrar, eis aí o que Gretchen faz. Por isso mesmo, está qualificada, calibrada, recauchutada para ser a prefeita de São Paulo.

O idiota ou a invejosa que se puser contra Gretchen sem argumentos, eu vou cair de pau, digo, vou dar cacete, digo, vou criticar. Pois São Paulo já ganhou de prefeito, vejam só: Jânio Quadros, Martha Suplicy, Celso Pita, José Serra e Kassab. Olha, tirando Jânio Quadros, que tinha uma sobrinha que saiu na Playboy, e até que mostrava lá umas carnes aproveitáveis, o que os outros prefeitos fizeram? Nada! São Paulo, em todas esses governos, foi governada pelos próprios moradores, a despeito dos prefeitos, e não com os prefeitos.

Há quem pense que Celso Pita e Maluf, uma vez unidos – o que o Diabo uniu, os homens não podem separar –, poderiam derrotar Gretchen. Por que isso? Ah, sim, por causa de que eles também fizeram pornografia? Quando? Tudo bem, houve o “frangogate”. Eles andaram roubando dinheiro de galinha! Mas entre roubar dinheiro de galinha e fazer o papel de galinha há uma grande distância. Eles não dão para começo. E se dão, meu Deus, que não mostrem isso na TV. Vão dar longe daqui (infelizmente, com o nosso dinheiro!).

Nada pode parar Gretchen nessa campanha. Vai dar Gretchen. Duvido que o povo de São Paulo vai votar errado. Gretchen tem passado, tradição, história e também tem futuro. Mulher, mãe, esposa, dançarina, cantora, “lover girl”. E não me critiquem não, pois na Itália, no passado, Cicciolina fundou o Partido do Amor, para concorrer a uma vaga de deputada. Ah, outra coisa. Pensam que ela, a nossa morena, não tem diploma universitário? Pensam que ela não é estudada? Ela foi aluna do meu amigo, brilhante uspiano, lá na São Marcos, o escritor Álvaro Gomes. Ele me disse que ela estudou lá, em Letras. Não é pedagogia não! Não é Direito na FMU não! Pensam que Gretchen é a retardada da Cica? É coisa séria. É Letras. E não é em faculdade, é em Universidade. Já foram lá na São Marcos? O Ernaninho, o chefe lá, está orgulhosíssimo: prata da casa na Prefeitura. Ele torce, tenho certeza. Nem importa se ela se formou. Bom, se não se formou, era a hora de dar o diploma para a moça. Afinal, se dá tanto diploma por aí. Mais um …

Qual o projeto político de Gretchen para São Paulo? Ela ainda não colocou toda a sua plataforma na rua. Gretchen, aliás, nunca foi boa de comissão de frente, ela sempre foi melhor nos bastidores. Na minha época de garoto o Silvio Santos chamava gente assim de “Raimunda”. Hoje, o pessoal do “Pânico” apelidou isso de “camarão”. Não importa. Tenho certeza que Gretchen fará um governo melhor que o de Kassab. Eu duvido que ela grite “Vagabundo”, para trabalhadores já mais velhos, na rua. Duvido que ela arranque as placas dos estabelecimentos comerciais e mande medir cada uma. Duvido que arranque “outdoors” e contribua para o escurecimento de São Paulo à noite e para o desemprego. Tenho certeza que ela sempre vai estar cheirosa na hora de aparecer na TV, e não com uma camisa suada em baixo do braço, fedendo. E vejam que chique, um nome alemão em uma morena; Gretchen! Kassab lembra caçamba, coisa de colocar lixo. Putz! Que triste. José Serra lembra a realidade: ele serra o dinheiro da educação para colocar em qualquer outro lugar, que nunca saberemos qual é. E Martha Suplício? O nome já diz, é muita plástica e muito suplício. Além disso, vai que uma Martha inventa de quebrar novamente a calçada de São Paulo e deixar lá, por uns dois anos, tudo parado. E tem mais: eu tenho muitas dúvidas sobre o sentimento humano dos outros candidatos. Gretchen é amor, é vida, é rebolado – e digo isso seríssimo: será que ela iria reagir a um desastre do metrô com o descaso que o governo reagiu? O metrô está parado! Será que Gretchen, como cidadã igual a todos nós, que nunca esteve na política, que sempre pagou tudo direito, iria dizer “foda-se São Paulo?” Sim, sim, sim, ela diria “foda-se”, mas no bom sentido da palavra. Duvido que um habitante da cidade, um habitante comum, iria fazer o que os políticos profissionais fizeram com a cidade.

Gretchen! Vai dar Gretchen. Eu coloco na urna de Gretchen! E você? Vai continuar com os mesmos? Ou vai de Chuchú? Quer Chuchu? Quer levar o Chuchu né? Então, já entendi, está é com inveja da Gretchen, pois ela é, de fato, mulher, não é sua louca?

Tudo bem, não falei da Erundina, a eterna candidata. Aí é com o jornalista José Neumanne, ele quem diz que ela é boa. É a tal “República da Paraíba”. Mas eu prefiro a Gretchen rebolando. Não quero nem que a Erundina entre na campanha dessa vez, pois se durante a propaganda eleitoral, a moda de dançar a Conga valer, e a Erundina quiser competir de igual para igual, eu vou ter de desligar a TV. Odeio mostrar pornografia aos meus filhos.

Paulo Ghiraldelli Jr.
“o filósofo da cidade de São Paulo”

PS 2: Um astrólogo fez a seguinte maravilhosa previsão: Gretchen sofrerá perseguição por querer ser prefeita! Leia aqui!

PS 3: Gretchen se inspira em Denise Frossard, por isso ela também se filiou ao PPS, que é uma sigla que o Roberto Freire montou. Era o PCB, o "Partidão", que se transformou após o "fim do comunismo".

Paulo Ghiraldelli Jr.

Comente!

Deixe uma resposta

Siga-nos!

Não tenha vergonha, entre em contato! Nós amamos conhecer pessoas interessantes e fazer novos amigos!

Últimos Posts